A disciplina de Direitos Humanos no Ensino Médio em Tempo Integral (EMTI) como constituidora de sujeito de direitos

  • Márcio Braz Nascimento SEEDF

Resumo

O objetivo deste estudo é compreender a efetividade da disciplina de Direitos Humanos no Ensino Médio em Tempo Integral (EMTI) como instrumento da Educação na constituição de sujeito de direitos. Para tanto, aplicou-se avaliação diagnóstica escolar sobre Inclusão, do tipo questionário semiestruturado, em doze classes de estudantes do Ensino Médio em escola técnica de Taguatinga – DF, em 2019, em 100 alunos da disciplina de Direitos Humanos. A temática que envolve a pesquisa investiga a percepção da juventude acerca dos Direitos Humanos e dos temas que envolvem a formação de cidadãos ativos e participativos, especialmente, na experiência com a cultura para a paz nas escolas e na sociedade, em referência à diversidade, à pluralidade, à alteridade. Neste contexto, como referencial teórico de análise, utilizou-se o arcabouço da Teoria Crítica dos Direitos Humanos de Herrera Flores, Sanchez Rúbio, Sousa Santos, Lyra Filho, Sousa Jr., Nair Bicalho de Sousa, Carbonari, Hélio Gallardo e Paulo Freire; além da pesquisa documental acerca do Ensino Médio em Tempo Integral. A abordagem de pesquisa qualitativa interpretativa se utilizou dos dados quantitativos para compor o cenário de percepção do corpo discente. A partir dos expostos, a efetividade da disciplina de Direitos Humanos contribui para a ampliação da concepção de direitos da juventude no espaço escolar formal e no respeito aos pares (aluno-aluno e aluno-docente), gerando um ambiente favorável à tolerância. O estudo, no entanto, não obteve alcance epistemológico para analisar o desenvolvimento da realidade social dos alunos, objetivo material e imaterial da Educação em Direitos Humanos.


Palavras-chave: Educação em Direitos Humanos. Ensino Médio. Tempo Integral.

Publicado
Ago 29, 2019
##submission.howToCite##
NASCIMENTO, Márcio Braz. A disciplina de Direitos Humanos no Ensino Médio em Tempo Integral (EMTI) como constituidora de sujeito de direitos. Revista Com Censo: Estudos Educacionais do Distrito Federal, [S.l.], v. 6, n. 3, p. 71-82, ago. 2019. ISSN 2359-2494. Disponível em: <http://periodicos.se.df.gov.br/index.php/comcenso/article/view/660>. Acesso em: 22 set. 2019.