Professor reflexivo na e para coordenação pedagógica na Educação básica pública: Tecendo (desa)fios

  • Eduardo Dias da Silva SEEDF
  • Renato de Oliveira Dering Doutorando em Letras e Linguística pela Universidade Federal do Goiás (UFG). Mestre em Letras pela Universidade Federal de Viçosa (UFV) e Graduado em Letras pela UFG. Professor Assistente do Centro Universitário de Goiás - Uni-ANHANGUERA. Pesquisador do grupo FORPROLL/UFVJM/CNPq

Resumo

Este artigo qualitativo consiste em apresentar algumas reflexões suscitadas a partir da relação entre a formação continuada no paradigma do professor reflexivo e a função de coordenação pedagógica, traduzidas na experiência da construção do fazer pedagógico em ambiente escolar.  Busca-se responder ao seguinte questionamento: que características do professor reflexivo são necessárias, para o desenvolvimento e para a formação, na coordenação pedagógica? Esta questão está presente no contexto das instituições de Educação Básica, explicitando a complexidade embutida na categorização do professor reflexivo e da coordenação pedagógica, sobretudo considerando a construção histórica desses conceitos no contexto brasileiro. Através deste trabalho, é possível ponderar sobre alguns de muitos aspectos que envolvem o desenvolvimento da coordenação pedagógica mediada por professores reflexivos e compreender que o desenvolvimento desta função não se limita às ideias de tarefas, mas se perpetua como caminho para novas reflexões sobre a coordenação pedagógica por práticas sociais na educação básica.

Publicado
Ago 21, 2018
##submission.howToCite##
SILVA, Eduardo Dias da; DERING, Renato de Oliveira. Professor reflexivo na e para coordenação pedagógica na Educação básica pública: Tecendo (desa)fios. Revista Com Censo: Estudos Educacionais do Distrito Federal, [S.l.], v. 5, n. 3, p. 93-100, ago. 2018. ISSN 2359-2494. Disponível em: <http://periodicos.se.df.gov.br/index.php/comcenso/article/view/438>. Acesso em: 25 set. 2018.