(Des)igualdade de acesso à educação em tempos de pandemia: uma análise do acesso às tecnologias e das alternativas de ensino remoto

  • Cristiane Alves Cardoso Universidade Católica de Brasília
  • Valdivina Alves Ferreira Universidade Católica de Brasília
  • Fabiana Carla Gomes Barbosa Secretaria Estadual de Educação da Paraíba

Resumo

O presente artigo tem por escopo uma análise do acesso à educação durante a pandemia de COVID-19. O vírus que chegou ao Brasil em meados de março de 2020 e tem colocado à prova a educação brasileira, exigindo uma readaptação que tem ocorrido de forma desigual. A educação, assim como diversos outros setores, tem sofrido os impactos do isolamento social, e encontrou no ensino remoto uma forma de tentar minimizar os danos causados pela pandemia. O objetivo deste artigo é analisar como as adaptações realizadas no âmbito da educação para garantir o ensino durante a pandemia podem afetar determinada parcela dos alunos em piores condições socioeconômicas. Há que evidenciar os impactos da pandemia na educação e aspectos a serem observados na formulação de políticas públicas e práticas de gestão de enfrentamento a este período. Percebe-se que o ensino remoto tende a reforçar a desigualdade do acesso e qualidade da educação brasileira, além de carecer de planejamento Para tanto, utilizou-se pesquisa qualitativa e bibliográfica e, de forma complementar, apresenta-se abordagens quantitativas referentes a aspectos que tangenciam o objeto do trabalho. Quanto ao objetivo é pesquisa exploratória, buscando proporcionar maior domínio e aprofundamento do tema, sob diversos ângulos e aspectos.


Palavras-chave: Educação. Pandemia. Coronavírus. Ensino remoto. Tecnologia.

Publicado
Ago 27, 2020
##submission.howToCite##
CARDOSO, Cristiane Alves; FERREIRA, Valdivina Alves; BARBOSA, Fabiana Carla Gomes. (Des)igualdade de acesso à educação em tempos de pandemia: uma análise do acesso às tecnologias e das alternativas de ensino remoto. Revista Com Censo: Estudos Educacionais do Distrito Federal, [S.l.], v. 7, n. 3, p. 38-46, ago. 2020. ISSN 2359-2494. Disponível em: <http://periodicos.se.df.gov.br/index.php/comcenso/article/view/929>. Acesso em: 28 set. 2020.