A criança com autismo no espaço escolar: contribuições da defectologia na contemporaneidade

  • Maria Angélica da Silva Secretaria de Estado de Educação do Distrito Federal
  • Daniele Nunes Henrique Silva

Resumo

O presente artigo objetiva compreender como a práxis em sala de aula tem afetado o desenvolvimento da criança com autismo e quais as contribuições dos fundamentos da defectologia, nos dias atuais, nesse desenvolvimento. Este artigo está fundamentado nos aportes teóricos da perspectiva histórico-cultural, tendo Vigotski seu principal representante. Inicialmente, apontamos os aspectos legais (legislação) que norteiam o processo de inclusão das pessoas com deficiência no espaço escolar, destacando seus avanços e entraves. Na sequência discutimos os fundamentos da defectologia de Vigotski, compreendo a lei geral do desenvolvimento humano. Ademais, refletimos sobre práticas pedagógicas exitosas em sala de aula, com crianças com autismo, contribuindo significativamente para o desenvolvimento das funções psicológicas superiores. Concluímos que as escolas enfrentam um desafio na inclusão da criança com autismo devido a fatores distintos: falhas na formação de professores; excesso de alunos em sala de aula; ausência de um trabalho pedagógico coletivo no espaço escolar; desconhecimento das potencialidades da criança com autismo por parte dos professores. Todavia, constatamos com este artigo, que mesmo diante dessas dificuldades, há possibilidades de uma prática pedagógica de fato inclusiva, compreendendo a criança com autismo como um sujeito de possibilidades (potencialidades) que aprende, sendo indispensável à adoção de recursos mediacionais no dia a dia em sala de aula, contribuindo de maneira sólida e eficaz para seu desenvolvimento pleno.

Publicado
Mai 29, 2020
##submission.howToCite##
SILVA, Maria Angélica da; SILVA, Daniele Nunes Henrique. A criança com autismo no espaço escolar: contribuições da defectologia na contemporaneidade. Revista Com Censo: Estudos Educacionais do Distrito Federal, [S.l.], v. 7, n. 2, p. 196-205, maio 2020. ISSN 2359-2494. Disponível em: <http://periodicos.se.df.gov.br/index.php/comcenso/article/view/859>. Acesso em: 03 jul. 2020.