Patrimônios e pertencimentos: A Educação Patrimonial como instrumento de democratização cultural

  • Karolline Pacheco Santos Secretaria de Estado de Educação do Distrito Federal

Resumo

Este artigo tem como objetivo tecer algumas reflexões sobre desafios e potencialidades no trabalho de educação patrimonial realizado no âmbito da relação museu escola no Distrito Federal. Considerando que a memória é fundamento para a construção da identidade social e que este processo se redefine permanentemente na relação dialógica com o outro, os patrimônios e museus são espaços importantes para reestabelecer estes diálogos da diversidade. Diante de museus e espaços culturais que reiteram o discurso consagrado a respeito da construção de Brasília, privilegiando nomes e fatos específicos, como fazer valer a relação patrimônio, identidade e cidadania efetivamente? Busco por meio da experiência como educadora em espaço cultural refletir sobre percepções, potencialidades e abordagens que visem superar a história única incluindo outras vozes nesta relação em vista de uma educação para autonomia e a democratização cultural.


Palavras-chave: Patrimônio. Educação Patrimonial. Diversidade Cultural. Distrito Federal.

Publicado
Mar 31, 2020
##submission.howToCite##
SANTOS, Karolline Pacheco. Patrimônios e pertencimentos: A Educação Patrimonial como instrumento de democratização cultural. Revista Com Censo: Estudos Educacionais do Distrito Federal, [S.l.], v. 7, n. 1, p. 22-27, mar. 2020. ISSN 2359-2494. Disponível em: <http://periodicos.se.df.gov.br/index.php/comcenso/article/view/790>. Acesso em: 25 maio 2020.