Brasília como Cidade Educadora: Análise das falas de estudantes sobre obras arquitetônicas brasilienses em uma proposta de ensino da reflexão da luz

  • Jair Lúcio Prados Ribeiro Instituto Federal de Brasília
  • Gerson Souza Mól Instituto de Química - Universidade de Brasília
  • Rhaisa Naiade Pael Farias

Resumo

Cidade Educadora é aquela onde as possibilidades de aprendizagem no seu espaço urbano podem ser aproveitadas, tornando esse espaço um laboratório de investigação e um espaço de aprendizagem privilegiado, em especial as estruturas arquitetônicas nele presentes. A partir desse conceito, desenvolvemos um projeto para ensino do tema da reflexão luminosa no Ensino Médio a partir de três estruturas arquitetônicas brasilienses (Setor Bancário Sul, Palácio do Itamaraty e Procuradoria Geral da República) voltado a que os estudantes estabelecessem novas leituras sobre a cidade. A metodologia de pesquisa, conduzida com dez estudantes de uma escola da rede particular do Plano Piloto, foi dividida em duas etapas: visita de campo aos sítios arquitetônicos e atividades experimentais usando maquetes dos mesmos. A análise das transcrições das falas dos estudantes se deu de forma qualitativa a partir de subcategorias criadas a priori sobre o conceito de Cidade Educadora. A análise revelou que os estudantes acreditam que o projeto mudou algumas das suas percepções sobre a cidade, destacando em especial o estabelecimento de relações mais firmes entre as teorias científicas e os objetos arquitetônicos e também sobre a importância do planejamento em Arquitetura e Urbanismo para que efeitos ópticos específicos sejam alcançados.

Publicado
Mar 31, 2020
##submission.howToCite##
RIBEIRO, Jair Lúcio Prados; MÓL, Gerson Souza; FARIAS, Rhaisa Naiade Pael. Brasília como Cidade Educadora: Análise das falas de estudantes sobre obras arquitetônicas brasilienses em uma proposta de ensino da reflexão da luz. Revista Com Censo: Estudos Educacionais do Distrito Federal, [S.l.], v. 7, n. 1, p. 75-87, mar. 2020. ISSN 2359-2494. Disponível em: <http://periodicos.se.df.gov.br/index.php/comcenso/article/view/756>. Acesso em: 25 maio 2020.