Agregando saberes científicos e a sala de aula: uma proposta didática para o ensino de língua materna com base na gramática internalizada

  • Ana Luiza Oliveira Melo Universidade Federal de Minas Gerais
  • Mayara Nicolau de Paula Universidade Federal de Minas Gerais

Resumo

O ensino de língua portuguesa direcionado pelas práticas educacionais tradicionais parte do pressuposto de que o aluno desconhece o objeto de estudo, ignorando sua vivência prévia enquanto falante da língua. Dentro desse contexto, a escola desconsidera o fato de muitas vezes estar ensinando ao aluno estruturas que ele não só conhece, como das quais faz uso diário. Nosso artigo se propõe a apresentar uma nova proposta didática que valorize a intuição do aluno enquanto falante. Tendo como base a proposta inatista de Chomsky, a metodologia da Aprendizagem ativa, de Pilati (2017) e a transposição didática, de Chevallard, apresentamos uma sequência didática que busca agregar a perspectiva linguística e científica à vivência da sala de aula, dando ao aluno o protagonismo necessário dentro da aula de língua materna.


Palavras-chave: Gramática. Aprendizagem ativa. Transposição didática.  Língua materna.




Publicado
Nov 19, 2019
##submission.howToCite##
MELO, Ana Luiza Oliveira; PAULA, Mayara Nicolau de. Agregando saberes científicos e a sala de aula: uma proposta didática para o ensino de língua materna com base na gramática internalizada. Revista Com Censo: Estudos Educacionais do Distrito Federal, [S.l.], v. 6, n. 4, p. 84-93, nov. 2019. ISSN 2359-2494. Disponível em: <http://periodicos.se.df.gov.br/index.php/comcenso/article/view/737>. Acesso em: 15 dez. 2019.