Diáspora - Sentir o Outro: Alunos artistas dão voz a milhões de refugiados através da sensibilização pela arte

  • Luciany Oliveira Osório Borges SEEDF

Resumo

O projeto que resultou na exposição de artes visuais Diáspora – Sentir o Outro surgiu da ideia de usar a arte como veículo de denúncia da violação de direitos humanos e dar voz aos mais de 68 milhões de refugiados da atualidade. O projeto da Sala de Recursos de Altas Habilidades de Brazlândia contou com a participação de quinze alunos artistas que desde o princípio tiveram a preocupação de levar ao público a reflexão e o debate sobre a crescente onda migratória global, decorrente de perseguições políticas, étnicas, religiosas e do agravamento de problemas econômicos em países como a Síria, Angola e Venezuela, e as ações humanitárias pautadas na preservação da vida e da identidade cultural dos refugiados.


 


Palavras-chave: Artes visuais. Direitos humanos. Refugiados. Altas Habilidades. Alunos artistas.

Publicado
Nov 21, 2019
##submission.howToCite##
BORGES, Luciany Oliveira Osório. Diáspora - Sentir o Outro: Alunos artistas dão voz a milhões de refugiados através da sensibilização pela arte. Revista Com Censo: Estudos Educacionais do Distrito Federal, [S.l.], v. 6, n. 4, p. 110-114, nov. 2019. ISSN 2359-2494. Disponível em: <http://periodicos.se.df.gov.br/index.php/comcenso/article/view/649>. Acesso em: 09 jul. 2020.