A formação implícita e explícita na Base Nacional Comum Curricular

  • Danielle de Paiva Vilela Paz SEEDF

Resumo

O presente artigo tenciona, mediante revisão bibliográfica sobre o tema, analisar de que maneira a Base Nacional Comum Curricular (BNCC) se refere à formação do professor de língua estrangeira – LE. Para tanto, discorro sobre o construto formação do professor de LE. Em seguida, reviso quatro artigos pertinentes acerca da relação entre a BNCC e os processos interconectados, quais sejam, o processo de ensino, aprendizagem e formação de agentes. Em momento posterior, pretende-se conhecer o paradigma implícito dessa formação no texto da BNCC por meio de análise da frequência de palavras pertencentes a um mesmo campo semântico. Finalmente, discorro sobre o paradigma alicerce da formação docente reflexiva de cunho ético, sugerida como proposta para a frutífera implementação da BNCC.

Publicado
Mai 27, 2019
##submission.howToCite##
PAZ, Danielle de Paiva Vilela. A formação implícita e explícita na Base Nacional Comum Curricular. Revista Com Censo: Estudos Educacionais do Distrito Federal, [S.l.], v. 6, n. 2, p. 63-72, maio 2019. ISSN 2359-2494. Disponível em: <http://periodicos.se.df.gov.br/index.php/comcenso/article/view/622>. Acesso em: 22 set. 2019.