Uma perspectiva estética no ensino de línguas: um caso de uso de texto literário no cenário da sala de aula

  • Juscelino da Silva Sant'Ana SEEDF
  • Cléria Maria Costa

Resumo

Este artigo trata do uso de textos literários como uma alternativa metodológica que leva em consideração a perspectiva estética para materialização de um tipo de abordagem de ensino que privilegia o sentido, considera a imaginação e incentiva a criatividade de aprendizes de língua estrangeira (LE) no uso estético dessa LE na Educação Básica. O termo “estética” é tomado por seu caráter de sensibilização do ser no processo educacional. O texto está dividido em três partes principais. Na primeira, é apresentado um breve levantamento histórico do uso de literatura no ensino de línguas, cotejado com uma das principais vertentes da abordagem de ensinar, a concepção de língua. Assume-se o pressuposto de que a literatura pode ser tratada como um canal de uso estético da linguagem no ensino de LE, isto é, o texto literário pode ter preservadas suas características estéticas na cena do ensino e da aprendizagem, e não ser tratado apenas como uma amostra da LE. Na segunda parte, é feita uma exploração da perspectiva estética ao se usar o texto literário na aula de língua. Na terceira parte, o texto é finalizado com um relato de experiência de uso de texto literário em uma perspectiva estética em uma escola pública com estudantes do Ensino Médio. Como resultado, observou-se uma ampliação das concepções da abordagem em todas as suas vertentes, especialmente para os aprendizes

Publicado
Mai 27, 2019
##submission.howToCite##
SANT'ANA, Juscelino da Silva; COSTA, Cléria Maria. Uma perspectiva estética no ensino de línguas: um caso de uso de texto literário no cenário da sala de aula. Revista Com Censo: Estudos Educacionais do Distrito Federal, [S.l.], v. 6, n. 2, p. 73-81, maio 2019. ISSN 2359-2494. Disponível em: <http://periodicos.se.df.gov.br/index.php/comcenso/article/view/614>. Acesso em: 16 out. 2019.