Unidade de Invenções Pedagógicas (UIPSS)

  • Leísa Sasso Universidade de Brasília (UnB) / Secretaria de Estado de Educação do Distrito Federal (SEEDF)

Resumo

Esse texto narra uma experiência bem sucedida de Educação Baseada em Arte (EBA) que ocorreu entre os anos de 2012 e 2015, durante minha gestão no Centro Educacional São Francisco de São Sebastião e em seu anexo na Penitenciária da Papuda, a Unidade de Internação Provisória de São Sebastião. Esse trabalho, que vigora até hoje no âmbito da socioeducação e que chamo de Proposta de Potência Poética Política e Pedagógica (PPPPP), alterou significativamente as práticas pedagógicas dos profissionais da educação uma vez que imprimiu significação e sentido no contexto da socioeducação o que envolve muito mais os estudantes que passaram a ser protagonistas das atividades propostas concebidas como projetos. Os professores passaram a considerar na Educação Básica uma filosofia e metodologia chamada A/r/tografia, concebida por professores da British Columbia University para o ensino superior. Na SEEDF, a proposta une a pesquisa orientada pelo Currículo em Movimento com a produção artística dos estudantes em mediações pedagógicas promovidas pelos profissionais da educação. Na época, nossas principais referências teóricas foram o professor José Pacheco e o professor Fernando Hernandèz e fomos muito criticados por nossos pares por estarmos tornando o espaço tempo pedagógico em uma atividade prazerosa. Paradoxalmente, o mérito do feito aconteceu em 2015 quando o MEC reconhece a Instituição Educacional como “Referência de Inovação e Criatividade”.


Palavras-chave: Socioeducação. A/r/tografia. Arte. Prática pedagógica. Inovação.


Pedagogical Inventions Unit (UIPSS)


Abstract: This text narrates a successful experience of Art Based Education (EBA) that took place between 2012 and 2015, during my tenure at the São Francisco de São Sebastião Educational Center and its annex at Papuda Penitentiary, the Unit of Provisional Admission to São Sebastião. This work, which is still in force today in the context of socio-education and which I call the Political and Pedagogical Poetic Power Proposal (PPPPP), significantly changed the pedagogical practices of education professionals as it imprinted meaning and meaning in the context of socio-education, which involves a lot more students who became protagonists of the proposed activities conceived as projects. Teachers started to consider in Basic Education a philosophy and methodology called A/r/tography, conceived by professors from British Columbia University for higher education. At SEEDF, the proposal unites research guided by the Curriculum in Motion with the artistic production of students in pedagogical mediations promoted by education professionals. At the time, our main theoretical references were Professor José Pacheco and Professor Fernando Hernandèz, and we were heavily criticized by our peers for turning pedagogical space-time into a pleasurable activity. Paradoxically, the merit of the feat came in 2015 when the MEC recognized the Educational Institution as a “Reference for Innovation and Creativity”.


Keywords: Socioeducation. A/r/tography. Art. Pedagogical practice. Innovation.

Publicado
Nov 27, 2021
##submission.howToCite##
SASSO, Leísa. Unidade de Invenções Pedagógicas (UIPSS). Revista Com Censo: Estudos Educacionais do Distrito Federal, [S.l.], v. 8, n. 4, p. 216-221, nov. 2021. ISSN 2359-2494. Disponível em: <http://periodicos.se.df.gov.br/index.php/comcenso/article/view/1285>. Acesso em: 27 maio 2022.