Importância do diálogo sobre corpo e mídia nas aulas de Educação Física: um mundo de ilusões

Resumo

Este trabalho tem por objetivo relatar as etapas realizadas no projeto “A crise do corpo contemporâneo” vivenciado no ensino remoto com as turmas femininas de Educação Física de 9º ano do Ensino Fundamental em uma escola do ensino privado do município de Novo Hamburgo/RS. Foram 29 meninas, com idades entre 13 e 15 anos. É um estudo de caráter qualitativo com características descritivas/narrativas de um relato de experiência. A partir da análise do trabalho desenvolvido, percebemos o quanto as mídias influenciam nas concepções das adolescentes quanto ao seu corpo e estão diretamente vinculadas à maneira de se relacionarem com ele. Por mais que elas entendam a falta de veracidade atrás das peças publicitárias, posts ou produções midiáticas e tenham conhecimentos diversos sobre o uso de filtros e edições, ainda assim, vivenciam o confronto em se aceitarem e se compararem com um padrão corporal estabelecido entre elas. Mencionam o quanto, por vezes, se sentem iludidas ou imersas em mundo de ilusões com o que é apresentado a elas em suas redes sociais e cotidianamente. Consideramos ser de extrema relevância o registro dessas experiências, como profissionais da área de Educação Física, para estimular a nossa sala de aula a tornar-se um local de diálogo acerca de diferentes temáticas que atravessam a sociedade.


Palavras-chave: Corpo. Educação Física. Mídia. Relato de Experiência.

Publicado
Ago 31, 2021
##submission.howToCite##
DÖRR, Nicole; FELTES, Alessandra Fernandes. Importância do diálogo sobre corpo e mídia nas aulas de Educação Física: um mundo de ilusões. Revista Com Censo: Estudos Educacionais do Distrito Federal, [S.l.], v. 8, n. 3, p. 237-241, ago. 2021. ISSN 2359-2494. Disponível em: <http://periodicos.se.df.gov.br/index.php/comcenso/article/view/1195>. Acesso em: 27 out. 2021.