ETESB e SUS: uma relação integrada para a Saúde no DF

  • Nilceu José Oliveira FEPECS/ETESB

Resumo

O Sistema Único de Saúde (SUS), implementado no Brasil a partir de 1988, exigiu um esforço na formação de recursos humanos para a área da Saúde. Propondo universalidade e integralidade no atendimento, o SUS preconiza o despertar de uma postura crítica e participativa, envolvendo a participação da e na comunidade.  Para o atendimento da mão-de-obra técnica foram criadas as escolas técnicas em saúde em várias localidades nas diferentes regiões brasileiras. A Escola Técnica de Saúde de Brasília (ETESB), no Distrito Federal, desde os anos de 1960, tem registro de cursos na área de Saúde para atender a comunidade e as demandas da Secretaria de Saúde do DF. O objetivo deste trabalho é verificar se a ETESB é uma escola do SUS, tendo em sua estrutura educacional os conceitos, princípios e orientações preconizados pelo SUS. Uma avaliação dos documentos, aqueles ligados aos processos educacionais e de ensino, como Projeto Pedagógico e Planos de Cursos, somada as características da Escola, como o Corpo Docente e cenários de prática, é indicada para a pesquisa. Ao final, em um confronto dos dados e informações da ETESB em relação ao Sistema de Saúde vivenciado no Brasil para toda a população, podemos verificar se a Escola atende ao SUS em suas referências, podendo, portanto, ser chamada de Escola do SUS.


Palavras-chave: Ensino Técnico. Educação em Saúde. Sistema Único de Saúde.

Publicado
Dez 4, 2020
##submission.howToCite##
OLIVEIRA, Nilceu José. ETESB e SUS: uma relação integrada para a Saúde no DF. Revista Com Censo: Estudos Educacionais do Distrito Federal, [S.l.], v. 7, n. 4, p. 152-165, dez. 2020. ISSN 2359-2494. Disponível em: <http://periodicos.se.df.gov.br/index.php/comcenso/article/view/969>. Acesso em: 02 mar. 2021.