O projeto Encontro de Saberes: Educação Patrimonial e inclusão epistêmica

  • Letícia Costa Rodrigues Vianna Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia de Inclusão no Ensino Superior e na Pesquisa (INCTI/UnB/CNPq)

Resumo

Este artigo traz uma reflexão sobre a inclusão epistêmica dos saberes tradicionais no ensino superior como uma forma de Educação Patrimonial que proporciona a salvaguarda do patrimônio cultural imaterial, inovação pedagógica e científica, e formação de cidadãos sensíveis à riqueza e diversidade cultural do país.  Tem como foco a experiência do Projeto Encontro de Saberes, que propõe que mestres dos saberes tradicionais sejam trazidos ao universo acadêmico para ministrar aulas ao lado de professores de diferentes departamentos, no sentido de ampliar o horizonte temático e epistêmico acessível aos pesquisadores e estudantes. O projeto é desenvolvido sob perspectiva descolonizadora, teórica e concretamente realizada por mestres, mestras, professores e professoras em mais de uma dezena de universidades públicas brasileiras.


Palavras-chave: Educação Patrimonial. Inclusão epistêmica. Encontro de Saberes. Patrimônio imaterial.


 


 

Publicado
Ago 27, 2020
##submission.howToCite##
VIANNA, Letícia Costa Rodrigues. O projeto Encontro de Saberes: Educação Patrimonial e inclusão epistêmica. Revista Com Censo: Estudos Educacionais do Distrito Federal, [S.l.], v. 7, n. 3, p. 202-207, ago. 2020. ISSN 2359-2494. Disponível em: <http://periodicos.se.df.gov.br/index.php/comcenso/article/view/920>. Acesso em: 28 set. 2020.