Educação inclusiva e dificuldades de aprendizagem: a visão de docentes da Secretaria de Estado de Educação do Distrito Federal

  • Erika Rodrigues de Freitas Universidade de Brasília

Resumo

Na condição de docente e pedagoga do Serviço Especializado de Apoio à Aprendizagem, tenho me deparado com inúmeras questões referentes à aprendizagem dos estudantes do Ensino Fundamental, tais como: de que forma os docentes lidam didaticamente com as dificuldades de aprendizagem? Como se comportam diante da temática da educação inclusiva? A partir dessas questões norteadoras surgiu este estudo, que teve por objetivo analisar as concepções de professores acerca das dificuldades de aprendizagem dos estudantes, bem como a forma de lidar com essas situações no ambiente de aprendizagem no contexto de uma educação inclusiva. A fundamentação teórica encontra-se pautada em Piaget (1971), Pulaski (1983), Vygotski (2010), Mello (2004) e outros autores, quanto às categorias Aprendizagem, Ensino e Didática. Metodologicamente, trata-se de uma pesquisa de abordagem qualitativa, com aplicação de questionários (GIL, 1984). Os resultados mostraram que os professores compreendem três concepções distintas de dificuldades de aprendizagem: assimilar conteúdos, incapacidade em assuntos específicos e obstáculos durante o processo de aprendizagem, como: dificuldade na escrita, na leitura, na fala, na concentração e em cálculos matemáticos. Verificou-se, também, a partir das legislações referentes à inclusão, citadas no documento Currículo em Movimento da Educação Básica - Educação Especial (DISTRITO FEDERAL, 2014), que a atuação da SEEDF está centrada na proposta inclusiva, na superação das dificuldades, na realização de intervenções e na busca por apoio em instituições sociais, como a família e a escola. Nesse sentido, conclui-se que há uma necessidade de conhecimento de estratégias voltadas para as dificuldades de aprendizagem para um maior aprofundamento sobre a forma de lidar metodologicamente com essas dificuldades em um contexto de inclusão escolar.


 


Palavras–chave: Dificuldades de Aprendizagem. Ensino. Educação Inclusiva. Didática.

Publicado
Ago 27, 2020
##submission.howToCite##
FREITAS, Erika Rodrigues de. Educação inclusiva e dificuldades de aprendizagem: a visão de docentes da Secretaria de Estado de Educação do Distrito Federal. Revista Com Censo: Estudos Educacionais do Distrito Federal, [S.l.], v. 7, n. 3, p. 95-104, ago. 2020. ISSN 2359-2494. Disponível em: <http://periodicos.se.df.gov.br/index.php/comcenso/article/view/849>. Acesso em: 28 set. 2020.