Documentação narrativa na SEEDF: A voz dos professores que vivenciam a política educacional da Escola Parque

  • Alessandro Correa Ferreira SEDF

Resumo

Este artigo tem como tema a voz e a experiência de quatro professores de Música, profissionais que atuaram nas Escolas Parque do Distrito Federal (EP), entre 2016 e 2017. O objetivo é trazer compreensões acerca das práticas e saberes pedagógico-musicais desses professores, centradas no que emergiu durante uma pesquisa com Documentação Narrativa (DN), metodologia coletiva de produção de relatos de experiência. O intuito foi contribuir com os campos investigativos da pesquisa (auto)biográfica e da Educação Musical, no que tange a experiência constitutiva no contexto escolar, em uma ação epistemopolítica de publicizar o que fazem os professores na EP, por meio de artigos de relatos de experiências pedagógicas oriundos da DN. Assim, abre-se novas possibilidades de discussão acerca da política educacional presente na EP. A DN efetivada na pesquisa tange aos aspectos diretamente relacionados com a formação, com a profissionalização docente e com o trabalho educativo.

Publicado
Nov 29, 2018
##submission.howToCite##
FERREIRA, Alessandro Correa. Documentação narrativa na SEEDF: A voz dos professores que vivenciam a política educacional da Escola Parque. Revista Com Censo: Estudos Educacionais do Distrito Federal, [S.l.], v. 5, n. 4, p. 106-116, nov. 2018. ISSN 2359-2494. Disponível em: <http://periodicos.se.df.gov.br/index.php/comcenso/article/view/557>. Acesso em: 10 dez. 2018.