A formação de professores sob a perspectiva freiriana

  • Ivana Pinto Ramos UFG

Resumo

O presente artigo tem por objetivo a reflexão sobre a formação de professores sob a perspectiva freiriana, apontando características e implicações na educação. Enquanto professor e pesquisador da educação libertadora, por ter passado pela experiência enquanto educador e gestor público, soube articular bem as questões ético-política, epistemológica, filosófica, pedagógica e metodológica, buscando caminhos para uma educação conscientizadora, humanista e emancipadora. Expondo suas concepções sobre os saberes docentes, o compromisso com a práxis, enfatizando sempre a importância de um posicionamento ético/político, diante dos ideais neoliberais, reconhecendo que a educação é ideológica e não neutra. Freire reconhece o homem como ser inacabado e a educação como processo permanente de “acabamento”, apresentando o formador e o formando como seres inconclusos que precisam buscar cada vez mais o conhecimento de si, do outro e do mundo através da dialogicidade. Esse inacabamento faz com que os indivíduos se tornem abertos à procura, a “curiosidade epistemológica”, exercitando a capacidade de aprender e ensinar, tornando-os sujeitos ativos e não passivos, na sociedade, sujeitos que fazem história e cultura e, por ela, são feitos, marcando sua presença no mundo, contribuindo para a transformação social.

Publicado
Nov 29, 2018
##submission.howToCite##
RAMOS, Ivana Pinto. A formação de professores sob a perspectiva freiriana. Revista Com Censo: Estudos Educacionais do Distrito Federal, [S.l.], v. 5, n. 4, p. 62-71, nov. 2018. ISSN 2359-2494. Disponível em: <http://periodicos.se.df.gov.br/index.php/comcenso/article/view/540>. Acesso em: 10 dez. 2018.