Liberdade: a premissa comum entre o jogo e o lúdico

  • Virginia Perpétuo Guimarães Pin Universidade de Brasília - GEPAL
  • Antônio Villar Marques de Sá

Resumo

A ludicidade e os jogos são usualmente associados, portanto há características inerentes a tais conceitos que devem ser observadas. Tanto a ludicidade quanto o jogo devem ser livres e espontâneos e não impostos aos indivíduos, o que pode se configurar como uma dificuldade no trabalho pedagógico. Este artigo busca responder à seguinte questão: “como trabalhar com jogos em sala sem interferir na liberdade de escolha do aluno?”, e tem como objetivo buscar meios de estimular o desejo do aluno pelo jogo, de forma lúdica, para que este faça a opção de jogar, não sendo obrigado a isto. Esta pesquisa foi realizada com alunos do 2º período da educação infantil e sua base foi o desenvolvimento de jogos, observando a relação dos alunos com estes. Para isso, foram utilizados os Jogos: da Velha, da Memória, Cara a Cara, Mancala e Pontinhos. Os conceitos centrais estudados foram o de ludicidade e de jogo.

Publicado
Jun 19, 2017
##submission.howToCite##
PIN, Virginia Perpétuo Guimarães; SÁ, Antônio Villar Marques de. Liberdade: a premissa comum entre o jogo e o lúdico. Revista Com Censo: Estudos Educacionais do Distrito Federal, [S.l.], v. 4, n. 3, p. 131-138, jun. 2017. ISSN 2359-2494. Disponível em: <http://periodicos.se.df.gov.br/index.php/comcenso/article/view/232>. Acesso em: 24 jun. 2022.