Educação ambiental lúdica na formação de formadores

  • Lívia Miranda de Oliveira Secretaria de Estado de Educação do DF
  • Cláudia Teixeira do Nascimento

Resumo

A sociedade atual é caracterizada pelo crescimento demográfico acelerado, aumento da densidade de relações sociais e entrelaçamento de concepções culturais e epistemológicas diante da relação entre seres humanos e a natureza. Tais fatores complexificam a percepção e o acompanhamento das necessidades sociais frente à velocidade de suas inter-relações. Inserido nesse cenário está o professor e a Educação Ambiental (EA): elementos precípuos para a promoção de discussões e ações que alcancem uma compreensão do meio ambiente em sua totalidade, considerando a interdependência entre o meio natural, o socioeconômico e o cultural, sob o enfoque da sustentabilidade. Para fornecer um espaço de formação que consolide o lastro entre esses atores, foi realizada formação continuada aos professores atuantes na educação básica das escolas da rede pública de ensino do Distrito Federal intitulado: Educação Ambiental Lúdica. A formação se deu no
primeiro semestre de 2013 e envolveu encontros na Oficina Pedagógica do Recanto das Emas, um espaço destinado à formação continuada dos profissionais da educação pública, componente do quadro estrutural da Secretaria de Estado de Educação do Distrito Federal (SEEDF). O objetivo deste artigo é analisar os impactos da formação em questão, destacando a importância de atividades lúdicas como marca de singularidade do sujeito que as vivencia e sua relevância na atuação dos professores participantes. Resultados preliminares sugerem que a formação foi um meio substancial para a promoção da EA.

Publicado
Jun 19, 2017
##submission.howToCite##
OLIVEIRA, Lívia Miranda de; NASCIMENTO, Cláudia Teixeira do. Educação ambiental lúdica na formação de formadores. Revista Com Censo: Estudos Educacionais do Distrito Federal, [S.l.], v. 4, n. 3, p. 148-153, jun. 2017. ISSN 2359-2494. Disponível em: <http://periodicos.se.df.gov.br/index.php/comcenso/article/view/231>. Acesso em: 24 jun. 2022.