Reis e rainhas do ringue: experiência pedagógica com as lutas no projeto Educação com Movimento em Brasília – DF

Resumo

O presente estudo tem como objetivo problematizar uma experiência pedagógica com o conteúdo lutas no Projeto Educação com Movimento (PECM), da Secretaria de Estado de Educação do Distrito Federal (SEEDF), em um Centro de Atenção Integral à Criança e ao Adolescente (CAIC), situado na Região Administrativa de Sobradinho II, com 76 crianças de três turmas de 4o ano do ensino fundamental. Para tanto, realizamos uma pesquisa de abordagem qualitativa, de caráter interventivo, com o aporte teórico-metodológico da sociologia da infância e da abordagem crítico-emancipatória na educação física. Propôs-se um bloco de seis aulas que teve como culminância um minifestival de jogos de lutas criadas pelas próprias crianças, intitulado Reis e rainhas do ringue. Foi possível identificar, por meio das aulas, fatos corriqueiros da escola e da comunidade se embrenhando nas compreensões das crianças em torno das lutas, as quais associavam em seus imaginários condutas violentas e/ou agressivas aos movimentos de combate. Uma vez identificadas estas correlações, foram utilizadas as próprias produções culturais infantis como pontos de partida para a (re)significação do conceito de lutas e, sobretudo, para elaboração de vivências. Identificamos ao final da experiência que o conteúdo lutas, para além do seu apelo técnico, pode proporcionar formas muito peculiares de leitura do cotidiano, mais sensíveis aos sujeitos, contribuindo para a construção compartilhada do conteúdo, incidindo em um processo de ensino e aprendizagem mais significativo na educação física escolar.


Palavras-chave: Cultura corporal. Educação Física escolar. Lutas.

Publicado
Ago 31, 2021
##submission.howToCite##
FARIAS, Mayrhon José Abrantes; FERREIRA, Flávia Martinelli. Reis e rainhas do ringue: experiência pedagógica com as lutas no projeto Educação com Movimento em Brasília – DF. Revista Com Censo: Estudos Educacionais do Distrito Federal, [S.l.], v. 8, n. 3, p. 190-197, ago. 2021. ISSN 2359-2494. Disponível em: <http://periodicos.se.df.gov.br/index.php/comcenso/article/view/1206>. Acesso em: 27 out. 2021.